sexta-feira, 25 de novembro de 2011

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tô de saco cheio, tô aborrecida. Meu dia foi um cu prá conferir.

Boa noite.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

21 de Novembro

Aniversário de Branco. Não tenho muito o que falar, além do que tantas vezes já repeti aqui.

Prefiro a saudação do ano passado. Tá que repetir não é legal, mas tenho sérias dúvidas que algum dia eu vá conseguir expressar como me sinto da forma como fiz daquela vez.

Feliz Aniversário, Branco!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Vendetta

Eu tento ser uma pessoa com uma nobreza imensa de sentimentos, mas né, escorpiano é um bicho filho-da-puta...

Quando estourou a notícia da gravidez da tal do meu digníssimo ex, putz, fiquei de cara, mas sabia que era questão de tempo isso acontecer. Ele pipoca prá todo lado, coisa que só descobri depois.

Enfim, a direção me chamou prá conversar, não porque eu tivesse nada com a situação, mas as duas gerentes são minhas amigas pessoais. Se solidarizaram, pois sabiam que eu ainda estava com o traste, coisa e tal e também prá contar que providências seriam tomadas, pois a moça é de uma empresa terceirizada, foi locada lá prá trabalhar, proteger, e não prá engravidar de funcionário durante o período de trabalho. Na época ele tinha 3 empregos, trabalhava de segunda a segunda, todo mundo sabia porque ele solicitou liberação em horários especiais prá pegar outros plantões no SAMU ou Remocenter e ainda trabalhava lá à noite. Fácil deduzir onde o bebê foi concebido...

Ela fará seu último plantão hoje. Está fora da UPA, mas demissão será discutida com seu supervisor. Ele será suspenso e entrará em sindicância na Secretaria de Saúde.

Em parte porque eu não sou de todo má, pedi que não fizessem nada. Claro, não adiantaria, e é claro que fariam algo uma vez que o troço estourou feito bomba na unidade. Mas perguntei: "e se fosse eu a gestante?" e escutei: "se tivéssemos a mais remota suspeita de que vocês tivessem tido relações aqui dentro, seria mandada prá outra unidade da mesma forma; o problema não é ser a vigilante, mas o jeito de como as coisas aconteceram."

Tirando o calafrio que me percorreu a espinha - vai que descobrem os beijinhos escondidos lá atrás da ambulância - eu vou ser muito franca de falar que eu até que gostei.

Porra, ainda vou me perguntar muito porque o fdp do Negão me sacaneou, porque desrespeitou minha confiança. Estávamos terminados sim, não me descabelei de chorar mas eu fiquei aborrecida. Eu não tenho sangue de barata nem nada.

Então, vai dar ruim prá eles? Beeeem feito! Fodam-se. 

Pronto, falei.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A pérola de hoje é a seguinte: desde que eu e Benzinho nos separamos, nos encontramos pouco pelos corredores da UPA. Agora ele está no SAMU, e vai pouco à nossa unidade. Também nos falamos pouco, o essencial, profissionalmente.
Soube há uns dias que ele estava namorando com uma vigilante do noturno.

Hoje soube que ela está grávida.

Nem fiquei tããão chateada assim, mas não gostei de saber que eles estavam juntos enquanto eu ainda namorava com ele. 

Então, fui corneada e ainda tem baby no meio da história.

Mereço...

Daí resolvi fazer faxina...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Putz, criança em fila de transplante chorando é demais prá cabeça de qualquer um. Globo Repórter, faltou oferecer um ombro prá gente chorar, viu? 
Mas a reportagem tá incrível.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Eu queria mesmo era tirar férias de mim. Tipo, fugir. Desligar da minha vida, ir prá beeeem longe e só voltar quando toda a merda tivesse lavada da minha vida.

Mas, como não dá... Bora encarar minha nada mole vida. 

Estou ansiosa. Estou tensa. Estou nervosa.

Estou precisando de um relax...

Burra!

Burra, burra, burra!