quarta-feira, 7 de julho de 2010

O Caso

Piada (?) no msn de um conhecido: "o Flamengo é time bom, o que mata é o goleiro".
Não seria cômico, mesmo se não fosse trágico. Hoje tive vontade de pedir pro motorista parar de girar o mundo, que eu queria descer. Fiquei tonta.
Onde vamos parar? O cara tinha lá seu talento, tinha um emprego que lhe pagava duzentos milreal por mês e tinha que matar uma moça prá não ter que assumir paternidade!?
É de assustar como os valores estão distorcidos, a começar como o modo como aquela criança foi gerada. Numa festa regada a bebida e sexo, numa orgia. Começa com essa moça tendo como objetivo de vida engravidar de um jogador de futebol. O que aconteceu com o "querer estudar e ter um bom emprego?". Cada vez mais se vêem mulheres se submetendo a esse tipo de situação, engravidando do jogador, do cantor, do rockstar, arrumando uma garantia de renda por longos 18 anos, prazo mínimo. Eu nunca fui nenhuma defensora da maternindade, não acho que mulher tem que ter filho e viver feliz da vida se dedicando exclusivamente a isso, mas porra cara! Filhos são pessoas! São seres humanos! Eu AMO o meu com todas as minhas forças. Daí alguém resolve que vai gerar um só prá ter fama e dinheiro?
Não bastasse isso já ser um fato horrendo, sou obrigada a assistir na TV os jornais comentando que o goleiro do maior time do Brasil mandou - quiçá se não ajudou - matar a moça que ele engravidou. Caramba, estão falando em desossar, em dar prá cães devorarem. A que reduzem o ser humano? É de assustar!
Novamente os valores! Por que não receber a notícia com equilíbrio? Tem dúvidas, ok, é compreensível. Mas gente, verifica, se confirmar, recebe de braços abertos. É uma bênção!
Isso tudo é muito assustador.

*****

Fiquei imaginando se eu também não corri um risco como esse. O genitor do Filhote é um cara violento. Foi preso várias vezes por porte de arma, viva em badernas, brigando, sendo detido. Ameaçava quem não fosse bonito o suficiente prá ele e chutava até cachorro morto. Me fez várias ameaças, o que me motivou a mandar meu filho vir morar com minha mãe, longe de mim, e eu só podia vê-lo nos finais de semana. Meu Deus, de repente tive  um livramento e nem agradeci. Obrigada, Senhor!

2 comentários:

  1. Comecemos: essa história do goleiro do FRamengo é de arrepiar, de filme de terror. Jack, o estripador, tá aplaudindo esse roteiro. Eu, aqui longe, estou chocada com essa história. Qual é o valor de uma vida? Não falo só pela moça, a mãe do baby, mas também pela própria criança, a forma como chegoou e o objetivo de tudo isso, como você mesma disse. É pra sentar e refletir o verdadeiro valor de uma vida! E não é só ela... (beijo Luciana Gimenez!)E se você faz merdinha, vira comida de 11 cachorros. Pode?

    ResponderExcluir
  2. A história toda me dá nojo. NOJO!

    ResponderExcluir

abriram a concha: