segunda-feira, 7 de junho de 2010

Pois é, né?

Esse frio anormal que está fazendo em Vitória está acabando com minhas vias aéreas superiores. Ninguém merece cabeça pesada e febrezinha!

*****

Eis mais um capítulo da saga "A Colega -Pesadelo de Trabalho".
Chego hoje pra bater meu cartão e noto que tem um papel no mural em cima do relógio: "fluxograma de atendimento para gestantes tabagistas". Ok, agora vai ter o tão desejado programa de combate ao tabagismo na unidade, e vai começar pelas gestantes. Legal! Quando será que iam me avisar?
Perguntei pra chefia, não sabia de nada. Perguntei pra Assistente Social (que é quem fica responsável pelo acolhimento do paciente tabagista), ela me responde que já ocorreram duas, DUAS reuniões do programa, e que ia ser colocado em prática essa semana.
Tá. Esperei a digníssima chegar. Perguntei muito inocentemente o que era aquilo. "Ah, sim, vamos implantar". ", não fiquei sabendo de nada!". "Eu não quis sobrecarregar você".
Olha, prá putaquepariu! Isso não é zelo de colega, é puxada de tapete. Não queria me sobrecarregar, ótimo. Estou mesmo pelo pescoço de serviço, e a culpa é dela. Mas ela assumir um serviço não significa que eu não possa ficar sabendo dele. Se alguém me pedisse uma informação, lá ia eu ficar de carão porque sequer sabia o que estava acontecendo na unidade onde trabalho!
Ok, me fiz de compreensiva, elogiei a iniciativa e ainda metralhei: "então toda a demanda que surgir tenho que direcionar prá tarde, ?" Ela: "não, claro que não, você pode fazer o agendamento de manhã que a gente atende à tarde." Pra putaquepariu de novo minha cara, que eu vou fazer sua porta se encher de gente atrás de você! Vai absorver o agendamento também! Boa, eu não tinha mesmo como pegar mais nada prá fazer. Eu ainda acho uma putaria eu sequer ser avisada, mas tudo bem.
De quebra perguntei sobre o programa de saúde do adolescente, que temos a obrigação de implantar e a médica coordenadora, SUPER minha amiga, me falou semana passada. Tá, ela tinha entregue o ofício dia 17/05 prá uma auxiliar, que o entregou prá Colega-Pesadelo que, claro, não me mostrou nada! Hoje eu perguntei. Ela: "ah, está aqui, mas nem te passei porque é inviável; precisamos de um pediatra prá ajudar e não temos." Pergunto: "já correu atrás?" "não, ainda nem vi, achei que não ia conseguir..." Peguei o ofício e já estou dando andamento à coisa, porque é obrigatória, e daqui a pouco começam a chegar as cobranças, que, claro, caem no meu ombro, pois sou a referência da unidade.
Eu sou vingativa prá cacete. Sou mesmo. Sou escorpiana legítima. Nem adianta vir prá cima de mim com papinho pacificador que não cola. Então resolvi me vingar.
Deu prá sacar que depois que eu ganhei um certo destaque há umas semanas atrás, ela ficou se coçando. Daí logo percebi que ela está tentando tomar prá si algumas coisas prá ver se não fica tão mal na fita, pois foi falado que parecia que naquela unidade de saúde só uma enfermeira trabalhava. Ok, minha filha, se mexe mesmo, eu não me queixo. Problema é que aparecer me apunhalando pelas costas não vai rolar. Assim, parti a meu planinho de vingança.
Ela sempre falou que não gostava de programas, que envolvia muito papel, que sempre foi enfermeira de pronto atendimento, essas coisas. Ah, é? Pois agora só temos clínico geral à tarde. Quando o ambulatório se enche, que não tem mais vaga nenhuma, temos que fazer triagem prá tentar fazer algum encaixe, tem gente que temos que encaminhar pro PA, essas coisas. Não faço mais de manhã! Só atendo emergências mesmo (mesmo não sendo PA, se chega alguma coisa não podemos omitir o socorro) Quer tentar atendimento? Volta à tarde! Ela chega e tem que almoçar na unidade, por causa do horário. Pois agora nem isso ela consegue. Porque eu mando aquele mundo de gente voltar prá porta dela! Chega e já tem que cair matando no atendimento. Só gosta de fazer isto? Então faça!
Bom, esclarecidos todos os pontos em questão, e instalado meu plano de vingança, resolvi que agora relaxarei. Chega de estresse! Não quero mais me desgastar, tenho outras coisas mais importantes prá investir minha energia.
E é tudo.

2 comentários:

  1. Lô, sou sua fã!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    E que se f**da A COLEGA-TRAIDORA!

    ResponderExcluir

abriram a concha: